segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Oficiais de Oficiais das Forças Armadas Contra Fim do Fundo de Pensões


A Associação de Oficiais das Forças Armadas (AOFA) criticou a extinção do Fundo de Pensões dos Militares das Forças Armadas, que entra em vigor na segunda-feira, considerando que vem "minimizar" e "humilhar" os militares.

Em declarações à Lusa, Manuel Cracel, dirigente da AOFA, considerou que, com a extinção do fundo de pensões, os militares são "tratados de forma diferenciada" e "sentem-se, de alguma forma, humilhados".

O dirigente considerou que a decisão é "mais uma expressão da postura reiterada do senhor ministro, que não faz mais nada do que fazer cortes cegos".

"Está a discriminar desta forma negativa os militares, que parece que constituem um corpo especial que importa minimizar", afirmou.

Admitindo que "poderia ser reavaliada a forma como este mecanismo existe" atualmente, o dirigente critica "esta atitude do Governo, que se encaminha para a solução mais fácil, eliminando pura e simplesmente o mecanismo".

"A solução passaria por tudo, menos por esta solução", realçou.

Fonte:JN

Sem comentários :

Enviar um comentário